PARALISAÇÃO

Greve dos servidores do Detran-PE completa um mês sem negociação

Governo do Estado diz que só negocia com os servidores do Detran-PE depois do retorno às atividades

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/04/2016 às 6:55
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


Antes de começar, a paralisação dos servidores do Detran-PE foi considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça e o sindicato obrigado a pagar uma multa diária. Trinta dias depois, os usuários sofrem com a indefinição de quando o atendimento será retomado. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira:

Os exames teóricos e práticos para habilitação foram suspensos e as vistorias de veículos adiadas. O Governo do Estado diz que só negocia com a categoria depois do retorno às atividades na Sede e nas Ciretrans.

Os rumos do movimento serão definidos em assembleia agora pela manhã desta segunda-feira (4) na sede do Detran, na Iputinga. Os servidores reivindicam reajuste salarial, plano de cargos e a contratação de um plano de saúde.

O presidente do sindicato dos trabalhadores, Alexandre Bulhões, afirma que o clima é tenso com o governo.

Mais Lidas