BRASÍLIA

Comissão admite continuidade do processo de impeachment

O relator Jovair Arantes (PTB) acredita que o relatório apresentado pelos juristas Miguel Reale, Hélio Bicudo e a advogada Janaína Paschoal está correto

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/04/2016 às 15:51
Leitura:
Comissão reunida nesta tarde
Foto: Romoaldo de Souza/ Rádio Jornal

Enquanto o deputado Jovair Arantes lia o relatório dele, o clima na porta da comissão do impeachment se assemelha a um estádio de futebol, na tarde desta quarta-feira (6). Como esperado, o parecer indicou o pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff.

O relator Jovair Arantes (PTB), nas páginas 128 e 129 diz que acredita que o relatório apresentado pelos juristas Miguel Reale Junior, Hélio Bicudo e a advogada Janaína Paschoal está correto. O deputado recomenda que a comissão aprove o relatório pedindo a abertura de processo para investigar o relatório da presidente Dilma Rousseff.

Deputado Jovair Arantes
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Confira os detalhes na reportagem de Romoaldo de Souza:

A decisão é do plenário da casa, mas a comissão tem um voto importante ou, pelo menos, é o guia de toda essa investigação. Do lado de fora de onde ocorre a leitura, manifestantes pró e contra o impeachment fazem muito barulho em protesto.

Boa parte dos deputados chegou cedo, se inscreveu e na hora em que o presidente da comissão, deputado Rogério Rosso, foi ler o nome daqueles que tinham feito a inscrição, faltava nomes na lista, o que gerou confusão.

A polícia legislativa já tentou colocar ordem do lado de fora.

Mais Lidas