PREJUÍZO

Mulheres presas por estelionato com mais de 50 maquinetas de cartão

A dupla alugava as máquinas a comerciantes, mas valores arrecadados eram depositados na conta de uma das suspeitas, que não repassava o valor

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/04/2016 às 17:31
Leitura:

?

Mais de 50 máquinas encontradas com as suspeitas
Foto: Isabela Dias/ Rádio Jornal

A Polícia Civil apresentou na tarde desta quarta-feira (6), na Delegacia de Paulista, a prisão de uma dupla de estelionatárias com mais de 50 maquinetas de cartão de crédito. Camila Ferreira da Silva, de 30 anos, e Ana Cláudia Conceição de Lima, de 28 anos, locavam as máquinas com a operadora e sublocavam para estabelecimentos e comércio.

Os valores arrecadados eram depositados na conta de uma das suspeitas, que não repassavam o valor para os comerciantes.

O delegado Gilmar Rodrigues explicou que Camila e Cláudia foram presas no bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife. Elas estavam escondidas numa casa. “Estavam sendo procuradas pela polícia porque muitos clientes delas que são comerciantes tomaram um prejuízo muito grande”, explicou o delegado.

As vítimas haviam feito contrato de locação dessas máquinas para vender os seus produtos, faziam as transações com as máquinas e não recebiam o valor.

As máquinas foram encontradas na casa de Camila. “Ela tinha um escritório no bairro de São Jose, mas quando começou a fraudar e as pessoas a procurar ela tirou todo seu material e trouxe para casa da sua mãe”, disse, apontando que mais de 100 contratos foram encontrados com a suspeita.

Elas foram presas por estelionato, organização criminosa e falsidade ideológica. Foram encaminhadas à Colônia Penal Feminina, no bairro de Engenho do Meio, na Zona Oeste.

Mais Lidas