LAZER

Programação do Paço do frevo desconstrói esteriótipos do frevo

Além da programação artística, o centro cultural realiza oficinas e debates que promovem a desconstrução dos estereótipos do frevo

Com informações de assessoria
Com informações de assessoria
Publicado em 08/04/2016 às 5:59
Leitura:
Foto: Divulgação/Paço do Frevo


Pensando o frevo como linguagem que favorece o diálogo entre pessoas, o Paço do Frevo - centro cultural da Prefeitura do Recife dedicado à salvaguarda do frevo – apresenta, neste mês de abril, propostas de desconstruções a partir das mediações provocadas em uma programação repleta de encontros, debates e reflexões. "A ideia parte do interesse em refletir sobre o frevo como meio e o Paço do Frevo como espaço de mediação, promovendo encontros e reflexões mais qualificados entre pessoas, entre linguagens, entre campos", comenta a gerente de Desenvolvimento Institucional do Paço, Joana Pires. "Neste mês, buscaremos desconstruir a relação entre o autista e as instituições culturais, o papel do jornalismo cultural para a cidade do Recife, a criatividade do passista e os limites geográficos do frevo", completa.

A programação artística – que se iniciou no Arrastão do Frevo com a Troça Carnavalesca Ceroula de Olinda – continua nesta sexta (8), na Hora do Frevo com o flautista César Michiles, que lançará seu novo CD, “Eu sou”, às 12h no hall de entrada do Paço, com entrada gratuita. No Dia 29, César retorna ao museu como convidado do percussionista Lucas dos Prazeres, que fará uma homenagem a Naná Vasconcelos em companhia dos músicos Marco César e Aishá Lourenço. O mês ainda reserva dois encontros do Sábado no Paço, que traz artistas para apresentações únicas na Praça do Frevo, localizada no 3º andar do museu.

No dia 16, o dançarino Carlos Frevo apresentará a aula-espetáculo “Desconstruindo o Frevo”, enquanto no dia 23, o show “Do Choro ao Frevo” comemora o Dia Nacional do Choro com o grupo Marco César Quarteto e convidados consagrados como Maestro Forró, Maestro Spok, Dalva Torres, Rogério Acioli, Beto Hortiz e Valéria Moraes. As programações estão inclusas no ingresso do museu.

OFICINAS – Além da grade de cursos de dança e música iniciada em março, o Paço dedica o mês a oficinas que estimulam os alunos a “repensarem” a dança do frevo. Neste sábado (9), o Laboratório Corporal Criativo, com o professor e dançarino Otávio Bastos, terá a prática de improviso como tema da aula, que ocorre das 9h às 17h no museu. Já no dia 17, às 14h, o professor Carlos Frevo traz ao Paço a oficina Desconstruindo o Frevo, que propõe a quebra de estereótipos na dança.

OBSERVATÓRIO DO FREVO – O programa mensal de interlocução, estudos e pesquisas do Paço do Frevo traz em abril o tema “Frevo de Pernambuco para o Mundo”, em uma conversa aberta com o dançarino e professor Carlos Frevo. O encontro é gratuito e ocorre no dia 16, às 14h.

“DIA D DA DANÇA” – No dia 29 é comemorado o Dia Internacional da Dança, que será homenageado pelo Paço em dois encontros gratuitos. No dia 22, às 15h, o grupo Compassos Cia de Dança apresentará o espetáculo “O Passo”. Já no dia 26, das 9h às 15h, oficinas e apresentações de dança serão oferecidas aos visitantes do museu.

CHAMADA DE PROPOSTAS – Artistas interessados em compor a programação do Paço do Frevo podem enviar propostas na chamada continuada do equipamento, um processo simples que visa formar um banco de dados de produtores e artistas em geral, a serem pautados periodicamente para apresentações no museu. A convocatória é realizada em fluxo contínuo, o que permite o envio de propostas durante todo o ano. Para inscrição de produtores e artistas em geral, basta preencher o Formulário de Inscrição disponível no site do museu (www.pacodofrevo.org.br) e enviar para o e-mail:programacao@frevo.org.br ou diretamente no Paço do Frevo, na Rua da Domingos José Martins, s/n, em frente a Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife Antigo, Recife – PE. Os proponentes receberão a confirmação de inscrição através de e-mail.

SERVIÇO:
Praça do Arsenal da Marinha, s/n - Bairro do Recife - Recife-PE
Última entrada 30 minutos antes do horário de encerramento.
O ingresso custa R$8 (inteira) e R$4 (meia).

Mais Lidas