ADVERTÊNCIA

Paralisação dos previdenciários não altera atendimentos agendados no INSS

Funcionários do INSS protestam contra projeto de Lei que prevê reforma fiscal no serviço público

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/04/2016 às 6:59
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Arquivo Rádio Jornal


Tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei complementar 257/2016. Trata-se de uma proposta de reforma fiscal no serviço público que prevê, entre outras medidas, o congelamento dos salários.

O PL estabelece ainda a suspensão de concursos públicos e a criação de um programa de demissão voluntária. A matéria é vista como uma ameaça ao funcionalismo, que já definiu uma série de mobilizações.

Nesta quinta-feira (14), os servidores do INSS em Pernambuco prometem suspender as atividades por 24 horas. Às 9h, os trabalhadores vão se reunir para um ato na Praça da Independência, no centro do Recife.

A paralisação de advertência não deve comprometer os atendimentos agendados previamente. Porém, quem não agendou, está enfrentando dificuldades para ser recebido no posto sede. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira:

O coordenador do Sindsprev, José Bonifácio do Monte, afirma que os segurados do INSS não vão ficar no prejuízo:

Mais Lidas