ECONOMIA

Relatório do FMI indica que Brasil só volta a ter superávit em 2020

Este foi o assunto da coluna Economia & Negócios desta quinta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/04/2016 às 13:43
Leitura:
Imagem reprodução


Na coluna Economia & Negócios desta quinta-feira (14), o economista Écio Costa falou sobre a previsão do Fundo Monetário Internacional (FMI), que indica que o Brasil só vai voltar a ter superávit primário, ou seja, economia que o governo precisa fazer para pagar os juros da dívida pública, em 2020. A informação foi divulgada nessa quarta-feira (13) no relatório Fiscal Monitor.

De acordo com o economista, isso representa um aumento do endividamento do país em relação ao Produto Interno Bruto (PIB). “O relatório do FMI, indica que essa piora no déficit foi puxada pela fraca arrecadação e aumento dos juros. Tudo isso num contexto de profunda turbulência política e econômico”, disse.

Confira a coluna na íntegra:

Mais Lidas