INSEGURANÇA

Polícia procura suspeitos por furto e incêndio em agências bancárias

O Sindicato dos Bancários vai fazer uma reunião com a Secretaria de Defesa Social para debater soluções e garantir a segurança nesses locais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/04/2016 às 15:27
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro | Rádio Jornal


A Polícia Civil de Pernambuco, investiga mais dois crimes contra agências bancárias no grande Recife. Diante das investidas contra os bancos do estado, o Sindicato dos Bancários vai fazer uma reunião com a Secretaria de Defesa Social para debater soluções e garantir a segurança nesses locais. O representante do sindicato, João Rufino, explica que uma reunião ocorreu na última segunda-feira (11) com o Ministério Público e a Febraban. “A gente tem que fazer uma reunião conjunta para que possamos reagir. Pelo que a gente vê é que não há interação de inteligência entre as polícias”, disse.

Nesta sexta-feira (15), suspeitos entraram no banco Bradesco, localizado na Avenida Cláudio José Gueiros Leite, no Janga, e furtaram um notebook e um aparelho de televisão.

Na agência do HSBC, da Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, um homem queimou quatro caixas eletrônicos durante a madrugada. O crime foi registrado na Delegacia de Boa Viagem. O responsável por esta investigação, o delegado Carlos Couto, descartou tentativa de roubo. “Certamente, a intenção era causar um prejuízo ao banco”, afirma.

Clientes do banco ficaram assustados quando chegaram ao local. Surpresa para a administradora Selma Moreira, que veio ao Recife a trabalho. “Essa agência é muito perto do local que estou hospedada, vim fazer uma transferência bancária. Para um grade capital, a segurança é bem precária”, relata.
Somente neste ano, oito assaltos a bancos foram registrados. A SDS informou por meio de nota, que o estado teve redução no número de investidas de criminosos contra bancos no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. A entidade disse ainda que está empregando todos os esforços para identificar e prender os responsáveis pelos crimes.

Confira a reportagem de Suellen Fernandes:

Mais Lidas