COLSULTÓRIO

Distúrbio do desenvolvimento sexual deve ser tratado após nascimento

O assunto foi tema do Consultório desta segunda-feira (18)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/04/2016 às 21:29
Leitura:

Foto: reprodução/internet

O Consultório do Rádio Livre desta segunda-feira (18) tratou sobre distúrbio do desenvolvimento sexual. No estúdio da Rádio Jornal, Graça Araújo recebeu a endocrinologista Theresa Selma e o cirurgião pediátrico Arthur Almeida Aguiar.

O distúrbio do desenvolvimento sexual aparece durante o nascimento e dificulta a identificação da sexualidade do recém-nascido. “São problemas de pacientes que desenvolvem uma atípia na genitália e no momento do nascimento nós não podemos designar se, se trata de sexo feminino ou masculino”, explicou Theresa.

Segundo o doutor Arthur “a maioria dos diagnósticos” podem ser feitos no período neonatal. De acordo com Thereza, quanto mais cedo forem feitas as investigações melhor para a criança, que ao longo da sua vida vai passar por situações onde haverá necessidade de identificação seu sexo. “Quando os pais vão para casa, vão ter que educar essa criança como menina ou como menino. Posteriormente, na escola, ele vai ter que escolher entre um banheiro feminino ou masculino”, afirmou.

Ouça o consultório na íntegra:

Mais Lidas