ECONOMIA E NEGÓCIOS

Ibovespa fecha em queda nesta segunda e contraria expectativas

Na coluna Economia e Negócios desta segunda-feira (18), o economista Ecio Costa falou sobre a relação entre a situação política do país e o cenário econômico

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/04/2016 às 23:17
Leitura:
Foto: reprodução/intenet

Contrária às expectativas de economistas brasileiros, a Ibovespa (Índice da Bolsa de Valores de São Paulo) – após as votações do processo impeachment neste domingo (17) – fechou em queda nesta segunda-feira (18) e o dólar (moeda americana) em alta. De acordo com o economista Ecio Costa “havia uma expectativa de uma queda forte, mas o dólar está em alta”.

Confira na íntegra:

Mudanças políticas de grande impacto – como o andamento do processo de impeachment – influenciam nos investimentos do mercado de ações no país, que pode ser positivo ou negativo de acordo com o perfil de investidores no mercado. O processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff foi aprovado no Plenário da Câmara dos Deputados neste domingo e segue para uma próxima etapa no Senado. Com 367 votos a favor; 137 contra; sete abstenções e dois ausentes, o processo de impedimento foi aprovado.

Ecio falou sobre a influência de aspectos políticos do impeachment, que devem ser levados em consideração na avaliação da queda da Ibovespa . “ A gente tem os aspectos políticos do impeachment (...), mas a gente tem aspectos internacionais também e, com relação ao dólar , saiu um dado de que a China teve seu pior crescimento desde 2010, então isso está mexendo um pouco com o cenário internacional”, explicou o economista Ecio Costa.

Para ele, a queda do dólar e a alta da Ibovespa apresentada na semana passada, possa ter relação com o acontecimento de hoje e segundo o economista talves seja o momento de “fazer as correções” e “colocar o dinheiro no bolso”.

Mais Lidas