ABRE ALAS

Operação da Polícia Civil prende diretor da Prefeitura de Olinda

Operação "Abre Alas" foi baseada em denúncia da própria Prefeitura de Olinda. Polícia investiga estelionato, extorsão e peculato praticado por funcionários

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/04/2016 às 8:52
Leitura:
Imagem ilustrativa: reprodução/internet


Nesta segunda-feira (18), a Polícia Civil de Pernambuco desencadeou a operação “Abre Alas” de repressão ao crime em Olinda e no Recife. Ao todo, são seis mandados de prisão preventiva e mais seis de busca e apreensão. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira:

A investigação teve início a partir de denúncia feita pela própria Prefeitura de Olinda. O alvo da operação são integrantes de uma associação criminosa suspeita de estelionato, usurpação de função, extorsão praticada por funcionário público e peculato, com atuação em Olinda.

Um dos mandados foi cumprido nas diretorias de Controle Urbano e de Licença e Habite-se. O diretor Alex André Valença Caldas foi preso na operação.

A operação foi realizada por 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. As investigações tiveram início em fevereiro de 2016. Os presos e os materiais apreendidos estão sendo levados para o Depatri, onde serão apresentados os detalhes da operação.

Mais Lidas