TECNOLOGIA

OAB decide interferir na decisão da Anatel sobre a internet

O presidente da OAB, Claudio Lamachia afirmou que está indignado com as medidas adotadas pela Anatel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/04/2016 às 21:27
Leitura:
Foto: reprodução/internet

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, criticou nesta terça-feira (19) o posicionamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em relação à possibilidade de que as operadoras de banda larga fixa estabeleçam limites de navegação para os consumidores.

Para ele há uma “preocupação” com a relevância da medida adotada pela instituição, na qual, disse ser uma postura “inacreditável” para uma empresa que deveria atuar com a proteção dos consumidores. “Nós entendemos que a internet banda larga é fundamental e notadamente, a manutenção do sistema de internet contratada de forma ilimitada”, explicou o presidente da OAB, Claudio Lamachia.

Lamachia falou sobre as deficiências na prestação do serviço por parte das operadoras e segundo ele, “isso tem sido objeto de uma crítica permanente”. “Muitas das empresas de telefonia hoje, cobram por um serviço que não é prestado de forma correta”, disparou. Nesta sexta-feira foi enviado um ofício à Anatel com questionamentos sobre o que Lamachia considera um “ferimento às leis federais”.

Ouça na íntegra:

Mais Lidas