IMPEACHMENT

Senado recebe papelada do processo de impeachment

Renan Calheiros diz que não vai ter pressa para avaliação, mas também não vai procrastinar. Dilma acredita que vai ser inocentada

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/04/2016 às 8:28
Leitura:
Foto: Reprodução


A presidente Dilma Rousseff declarou, em entrevista coletiva na última segunda-feira (18), que vai apresentar programas para tirar o País da crise e afirmou que a votação do último domingo (17) admitindo o impeachment não passa de um ressentimento. Acreditando que vai ser inocentada nas investigações no Senado, a presidente disse que o Brasil tem jeito e que, a partir de agora, o País vai viver um novo Governo.

Também na tarde de ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, foi ao Senado levar a papelada do processo, com mais de 12 mil páginas. Ao receber os documentos, Renan Calheiros afirmou que o julgamento não vai andar nem tão veloz, nem tão lento.

Ainda ontem, Renan esteve com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, e os dois acertaram que vai ser feito um roteiro para analisar o impeachment no Senado. Confira mais detalhes na voz de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas