MOBILIZAÇÃO NACIONAL

Movimentos sociais bloqueiam vias em ato por moradia e reforma agrária

Atos também pedem a permanência da presidente Dilma. O Senado avalia se aceita a abertura do pedido de impeachment contra a petista

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/04/2016 às 8:18
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


O Movimento Nacional de luta por moradia em Pernambuco realiza uma série de mobilizações em vários pontos do Estado nesta terça-feira (26). A mobilização tem como bandeira a continuidade dos programas sociais do Governo Federal.

Os manifestantes pedem reivindicam moradia e reforma agrária. Eles também exigem que o Bolsa Família; Minha Casa, Minha Vida; Pronatec, Prouni e Pronaf, entre outros, sejam ampliados. Outras informações com os repórteres Rafael Carneiro e Clarissa Siqueira:

Os movimentos sociais aproveitam os atos para expor o apoio a presidente Dilma Rousseff, que corre o risco de ser afastada do cargo pelo senado. Bloqueios serão montados em pontos estratégicos de grande movimento, como rodovias e avenidas.

No Recife, o trânsito foi bloqueado com pneus e entulhos queimados nos dois sentidos da Avenida Sul. O protesto também interditou os dois sentidos da Avenida Norte, no cruzamento com a Cônego Barata. Na Avenida Agamenon Magalhães, o ponto de bloqueio foi na frente do Classic do Hall.

O coordenador do Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) em Pernambuco, Paulo André, explica quais são as reinvindicações:

Mais Lidas