BRASÍLIA

Cotado para ser ministro da Fazenda do governo Temer, ex-presidente do Banco Central defende privatizações

Henrique Meirelles já encontrou o vice-presidente, que pode assumir caso o Senado afaste Dilma, três vezes

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 03/05/2016 às 10:03
Leitura:
Foto: Reprodução


O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, esteve novamente ontem com o vice-presidente Michel Temer. Ele pregou que o Brasil deve realizar concessões na área de infraestrutura, passando para a iniciativa privada. Meirelles disse, também, que é preciso controlar os gastos públicos e retomar o crescimento econômico.

Cotado para assumir o Ministério da Fazenda num provável governo de Temer, Meirelles afirmou que é preciso focar na geração de emprego, na redução de juros e no investimento de infraestrutura. Essa foi a teceira vez que ele esteve com Temer, que pode assumir o Palácio do Planalto por 180 dias, caso o Senado decida pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Saiba mais no flash de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas