DESACORDO

Servidores do Detran e vigilantes de carros-fortes podem voltar a paralisar serviços

Categorias se reúnem hoje para discutir reajuste salarial. A paralisação dos funcionários do Detran durou 33 dias e os vigilantes pararam por 10

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/05/2016 às 5:52
Leitura:
Durante a greve do Detran, longas filas e muito deserpero de quem precisava regularizar situação. Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


Nesta quarta-feira (4), servidores do Detran realizam nova a assembleia no prédio sede do órgão, na Iputinga. Em pauta, a possibilidade de retomar a greve iniciada em 4 de março.

O sindicato que representa a categoria informa que o Governo do Estado não cumpriu itens do acordo a ser implantado no final de abril. A greve dos servidores durou 33 dias e foi encerrada em 7 de abril.

Já à tarde, no Tribunal Regional do Trabalho, que fica no Cais do Apolo, Bairro do Recife, ocorre mais uma rodada de negociação entre vigilantes do transporte de valores e patronato. Os trabalhadores de carros-fortes ameaçam cruzar os braços novamente caso o impasse persista.

Mais Lidas