EM PERNAMBUCO

Integrante do PCC é preso trabalhando em terceirizada da Compesa

Ele estava foragido de uma penitenciária de segurança máxima, em Cuiabá, no Mato Grosso do Sul, desde setembro de 2013

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2016 às 15:56
Leitura:
Integrante do PCC era foragido de penitenciária em Cuiabá, no Mato Grosso do Sul
Foto: Lélia Perlim/ Rádio Jornal


Um auxiliar de encanador, que trabalhava em uma empresa prestadora de serviços da Compesa, foi preso sob força de mandado judicial por ter fugido de uma penitenciária de segurança máxima, em Cuiabá, no Mato Grosso do Sul.

O pernambucano integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) Gilleard Missias de Lima, de 30 anos, estava trabalhando em uma obra no Cabanga, quando os policiais da Delegacia de Capturas efetuaram a prisão há uma semana.

Os detalhes só foram divulgados nesta quarta-feira (11). A delegada responsável pela prisão, Beatriz Gibson, relatou que o acusado fugiu em setembro de 2013. Uma equipe especializada no Mato Grosso do Sul entrou em contato com a delegacia aqui de Pernambuco informando que, possivelmente um dos homens estaria aqui.

Gilleard Missias tinha uma vasta ficha criminal aqui no Estado por envolvimento em assaltos, inclusive, a bancos.

Confira os detalhes:

O homem também conhecido como “pernambucano” ou “baiano” já foi preso várias outras vezes por envolvimento em assaltos há banco, formação de quadrilha e até tráfico de drogas. Para a delegada de capturas através da função na Compesa, o acusado poderia ter acesso a informações privilegiadas.

Gilleard Missias de Lima está no Cotel, em abreu e lima.

Mais Lidas