POLÍTICA

Ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho é xingado em Brasília

Fusão do MinC com o MEC gera repercussão negativa entre artistas e produtores culturais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/05/2016 às 20:40
Leitura:
Mendonça Filho (DEM-PE) foi alvo de vaias e xingamentos de manifestantes. Foto: JC Imagem/Arquivo

Novo ministro da Educação e Cultura, o pernambucano Mendonça Filho (DEM-PE) foi vaiado por manifestantes contrários à fusão da pasta de Cultura com a de Educação, durante sua apresentação no Palácio do Planalto nesta sexta-feira (13). Desde o anúncio da junção do MinC ao MEC, uma das primeiras medidas de Michel Temer como presidente interino, artistas e produtores culturais têm reagido negativamente.

Sobre o assunto, o repórter Romoaldo de Souza trouxe informações, de Brasília, no programa Movimento desta sexta (13). “O grupo ligado à cultura se encontrou hoje com Mendonça Filho perto do Ministério e foi xingamento geral: ‘golpista, que não entende nada de cultura’”, destacou Romoaldo. Ele destacou, ainda, a repercussão negativa em relação à falta de diversidade entre os ministros do governo Temer, que não incluiu mulheres, negros, índios nem representantes do movimento LGBT.

Ouça, na íntegra:

Mais Lidas