CONFUSÃO

Princípio de tumulto é registrado no Case de Abreu e Lima

De acordo com informações do 17º Batalhão de Polícia Militar, a confusão começou por volta das 4h30

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/05/2016 às 6:57
Leitura:
Foto: Mariana Dantas /NE10

Um princípio de tumulto no Centro de Atendimento Socioeducativo em Abreu e Lima (Case) foi registrado na manhã desta sexta-feira (13), segundo informações do 17º Batalhão de Polícia Militar.

A confusão, que já foi controlada, começou perto das 4h30. Os internos teriam ateado fogo em colchões após uma briga entre eles. Pelo menos quatro pessoas estão feridas e aguardam atendimento médico. O Case tem capacidade para 98 pessoas, mas atualmente recebe 170 jovens.

Equipes da Polícia Militar continuam no local. Os familiares dos reeducandos estão no Centro de Atendimento esperando por mais informações. Os adolescentes estão sendo contados na quadra do Case. Os feridos já saíram da unidade para atendimento médico. Saiba mais no flash de Cinthia Ferreira:



A Fundação de Atendimento Socioeducativo se pronunciou sobre o caso através de nota. Confira na íntera:


"A Funase (Fundação de Atendimento Socioeducativo) informa que houve uma tentativa de fuga no Case (Centro de Atendimento Socioeducativo) de Abreu e Lima, nesta sexta-feira, por volta das 3h40 da madrugada. A tentativa de fuga foi controlada. Mas, em seguida, os jovens da Ala Dois iniciaram uma rebelião, envolvendo outras cinco alas. Três alas não participaram da rebelião. (Ao todo são nove alas).

Houve destruição de móveis. Não houve mortes. Seis jovens ficaram feridos (nenhum gravemente) e foram levados à UPA para curativos. A rebelião foi controlada por volta das 5h da manhã, após a chegada do Batalhão de Choque. O Case de Abreu e Lima abriga, hoje, 173 jovens. A capacidade é de 98."

Mais Lidas