SAÚDE

Dor de cabeça: tipos, causas e tratamentos

Segundo pesquisa, cerca de 30 milhões de brasileiros sofrem com dor de cabeça

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 18/05/2016 às 21:09
Leitura:
Foto:eprodução/internet

A Cefaleia é um dos problemas com mais incidência no mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia cerca de 30 milhões de brasileiros sofrem com dor de cabeça. “Das doenças mais comuns no mundo, a primeira é a carie, mas depois vem dois tipos de dor de cabeça: a cefaleia tipo tensional e a outra é a enxaqueca. A cada 10 pessoas, quatro tem cefaleia do tipo tensional e duas tem enxaqueca”, explica o neurologista Pedro Sampaio.

O consultório do Rádio Livre desta quarta-feira (18) tratou sobre cefaleia. No estúdio da Rádio Jornal Graça Araújo recebeu os neurologistas Pedro Sampaio e Lucas Alves.

Ouça o consultório completo:

[uolmais_audio ]

[uolmais_audio ]

[uolmais_audio ]

A cefaleia pode aparecer devido a fatores desencadeantes como: uma má alimentação, dormir pouco, estresse elevado, tensões no dia-a-dia, dentre outros motivos. Além disso, algumas doenças apresentam as dores de cabeça como sintoma. Pessoas que sofrem com algum tipo do problemas devem procurar um especialista para fazer exames e identificar as causas.

Confira os tipos de dor de cabeça de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia:

Migrânea ou enxaqueca: são crises repetidas de dor de cabeça que podem ocorrer com frequência e de forma variável. Algumas pessoas podem apresentar crises mais constantes do que outras ao longo da vida.

Cefaleia do tipo tensional: é o tipo mais frequente, é conhecida por não ser tão intensa para quem sofre. “Considerando a prevalência na vida toda as porcentagens são de cerca de 69% em homens e 88% em mulheres”.

Cefaléia em salvas: é responsável por 6% dos casos de dores de cabeça é mais comum entre os homens principalmente durante os 20 e 30 anos.

Cefaleia primárias: fazem parte do grupo 04 de classificação e necessitam de um estudo mais cuidadoso para serem melhor compreendidas.

Cefaleias secundárias: são dores de cabeça mais forte e podem vir acompanhas de outros sintomas como vômitos, tonturas, convulsões e outro

Mais Lidas