ECONOMIA

Medidas do governo Temer para rombo na economia podem ser traumáticas

?Michel Temer pretende enviar uma revisão de meta fiscal com rombo que pode superar 150 bilhões de reais

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 18/05/2016 às 22:38
Leitura:

Após as estimativas do rombo previsto para os cofres públicos em 2016, ministros do Governo de Temer querem propor a liberação dos jogos de azar para aumentar as receitas da União. O projeto é uma iniciativa dos peemidebistas Henrique Eduardo Alves, do Turismo e, Geddel Vieira Lima da Secretaria do Governo.

Leia também: Como fica a economia brasileira após o afastamento de Dilma Rousseff?, Lucro líquido da Caixa Econômica Federal recua 45,9% no primeiro trimestre

A prática foi proibida em 2004, no governo Lula, quando um escândalo envolveu o então funcionário da casa civil, Waldomiro Diniz, suspeito de extorquir o contraventor Carlinhos Cachoeira.

A Procuradoria-Geral da República avalia de forma negativa a liberação dos jogos de azar. De acordo com o secretário de relações institucionais, Peterson de Paula Vieira, a liberação da prática pode ser um “escoadouro para crimes de lavagem de dinheiro”.

Economia e Negócios

O economista Ecio Costa avalia que a previsão enviada para o congresso pelo governo Dilma era fora da realidade: “foi levada em consideração que a receita do governo seria maior do que está sendo projetado”.

Ouça a Coluna:

Para Ecio, o governo precisa reorganizar medidas administrativas e alternativas para elevar os tributos, tendo em vista que a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é o imposto mais detestado do país e teria uma péssima aceitação.

Mais Lidas