DEPOIMENTO

Familiares de PM assassinado prestam depoimento hoje à Polícia Civil

O sargento Sílvio Vasconcelos foi morto na PE-22, em Paulista

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/05/2016 às 10:04
Leitura:

Os familiares do sargento da Polícia Militar (PM) assassinado em frente à Loja da Mulher em Paulista, Região Metropolitana do Recife, vão prestar depoimento nesta quinta-feira (19) à Polícia Civil. O corpo de Silvio Vasconcelos foi sepultado na última quarta-feira (18), no Cemitério Morada da Paz, sob clima de forte comoção. Ele era lotado no 17º Batalhão e foi morto a tiros na PE-22, na Alameda Paulista.

O delegado responsável pelo inquérito, Jáder Brasiliense, quer identificar a motivação para o homicídio. O sargento estava de moto em frente à Loja de Confecções da Mulher quando foi alvejado por três homens. Horas depois do crime, a polícia localizou dois suspeitos no bairro do Conjunto Beira Mar, também em Paulista. Um deles de 27 anos, foi liberado, mas Emerson Teles da Cruz, 19, acabou autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

As equipes de investigação buscam câmeras próximas ao local do crime para identificar o terceiro envolvido. O comandante do 17º Batalhão, tenente-coronel André Ângelo, fala das buscas pelos assassinos:

Mais Lidas