EDUCAÇÃO

Intercambistas comentam a experiência de estudar fora do Brasil

Confira o debate da Super Manhã desta quinta-feira

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/05/2016 às 13:42
Leitura:
Foto: Rafael Souza/ Rádio Jornal


Geraldo Freire recebe o pesquisador e ex-coordenador do programa "Ganhe o mundo", Aurélio Molina, a estudante de engenharia da UFPE, Alice Duque que já viajou pelo "Ciência Sem fronteiras"; a jornalista Camila Lemos, ex-coordenadora do "Conexão Mundo" do Senai. Na bancada participaram ainda os intercambistas André Nascimento, Silvio da Silva e Mário Machado.

Aurélio Molina explicou que a ideia do intercâmbio começou na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, numa tentativa de aproximar os povos. A hipótese era de que existiam guerras porque as pessoas se conhecem pouco, se as culturas começarem a se integrar o mundo teria menos guerra.

Segundo o ex-coordenador do programa Ganhe o Mundo, mais do que o idioma, a experiência do intercâmbio promove diversos benefícios na formação dos estudantes.

Silvio da Silva é morador de Água Fria e teve a oportunidade de fazer intercâmbio pelo programa Ganhe o Mundo. Ele comentou que os estudantes devem se estudar. “É um programa muito bom e acreditamos que não tenha um fim nem tão próximo”, disse.

Confira o debate completo:

Mais Lidas