TRÁFICO

Operação apreende 60 mil pés de maconha em Pernambuco e na Bahia

De acordo com a Polícia Federal, as três plantações seriam suficientes para produzir 20 toneladas da droga

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/05/2016 às 6:54
Leitura:
Dois agricultores foram presos na ação realizada nos sertões de Pernambuco e da Bahia. Foto: Divulgação/Polícia Federal


Uma ação conjunta da Polícia Federal em Pernambuco com a PM de de Belém do São Francisco, de Cabrobó, e da Bahia, está mapeando o sertão dos estados para erradicar a produção de maconha que abastece o tráfico no Nordeste. Entre os dias 10 e 15 de maio, foram erradicados 60 mil pés de maconha que renderia aos traficantes 20 toneladas da droga na operação apelidada de “Cânhamo I”. Ouça na reportagem de Rafael Carneiro:

As roças de maconha estavam plantadas nas localidades de Cachoeirinha e Fazenda Gangorrinha em Cabrobó (PE) e Várzea da Ema em Chorrochó (BA). A ação conjunta também apreendeu 20 mil mudas, além de 6Kg de maconha já pronta para o consumo.

De acordo com a Polícia Federal, as ações acontecem quatro vezes ao ano para identificar os possíveis plantios que a operação anterior não conseguiu atingir. A prisão dos cultivadores da droga ajuda a identificar os traficantes, que compram ou encomendam a produção da droga, e dificilmente ficam na plantação.

Foto: Divulgação/Polícia Federal

No lado baiano, a ação em Várzea da Ema terminou com a prisão do agricultor paulista Marcelo da Silva, de 32 anos, que morava em Belém do São Francisco, e do baiano José Laenson de Jesus, de 48 anos, que mora em Macurure, também na Bahia. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro, onde foram autuados em flagrante por cultivar matérias-primas para a preparação de drogas.

Os agricultores foram levados para a Cadeia Pública de Salgueiro onde ficaram à disposição da Justiça Federal. Caso sejam condenados poderão cumprir penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.

Mais Lidas