PRISÃO

Ex-presidente da Inferno Coral é preso por porte ilegal e tráfico

Com Paulo César Pinheiro da Cunha foram encontrados um revólver calibre 380, drogas, munição e até uma espada ninja

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/05/2016 às 11:14
Leitura:
Fotos: Lélia Perlim/Rádio Jornal


O ex-presidente da Torcida Inferno Coral, uniformizada ligada ao Santa Cruz, Paulo César Pinheiro da Cunha foi preso quando saia de uma agência bancária no bairro do Parnamirim, Zona Norte do Recife. Paulo César, que tem 31 anos, estava sendo investigado por tráfico e porte ilegal de armas e ficou nervoso ao ser abordado pór policiais civis que estavam no local.

Espada estava na casa do ex--presidente da Inferno Coral e candidato a vereador. Foto: Lélia Perlim


Dentro do carro de Paulo César foi encontrada uma pistola calibre 380. Já na casa do suspeito, foram encontradas munições de calibre 380 e 38 e uma espada ninja. A Polícia também encontrou balanças de precisão, plástico pra embalar droga, além de uma quantidade de um entorpecente que pode ser cocaina.

Paulo César Pinheiro da Cunha, que é pré-candidato a vereador do Recife, foi autuado em flagrante por porte ilegal de armas e tráfico nessa quarta-feira (25). Hoje, ele foi transferido para a primeira audiência de custódia.

Mais Lidas