CAOS

Jardim Fragoso, em Olinda, registrou 241,67mm de chuvas nas últimas 24h

A Celpe interrompeu o fornecimento de energia temporariamente na localidade

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/05/2016 às 14:25
Leitura:
No bairro de Jardim Brasil, volume de causa também causa alagamentos
Foto: Cortesia


O acumulado de chuvas das últimas 24 horas foi maior no bairro de Jardim Fragoso, em Olinda. Na localidade, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) registrou, até o momento, 241,67 mm.

No bairro de Jardim Fragoso, a Celpe desligou circuitos de média tensão que atendem ao local. A medida preventiva atendeu um pedido do Corpo de Bombeiros e foi necessária por conta da elevação do nível da água que se aproximava dos medidores de energia. Segundo o Celpe, o fornecimento de energia será restabelecido assim que estiverem asseguradas as condições de segurança.

A Apac divulga no seu site, em tempo real, o acompanhamento das chuvas em Pernambuco. Entre as dez localidades mais afetadas pela chuva nas últimas 24h Olinda e Paulista estão entre as cidades com o maior número de bairros atingidos pelas águas.

Na área do Porto do Recife e o bairro da Boa Vista também aparecem no ranking, com registro de 235,20mm e 180,20mm, respectivamente. O Porto do Recife, inclusive, é a segunda localidade com o maior registrado de chuvas.

DESLIGAMENTOS


A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) desligou trechos de três circuitos de média tensão que atendem as imediações de Jardim Fragoso, Bairro Novo, no município de Olinda, e Mirueira e Paratibe, em Paulista.

Já a Compesa cortou o abastecimento de água em regiões de morro das Zonas Sul e Norte do Recife e do município de Camaragibe. A suspensão provisória pretende prevenir possíveis rompimentos de tubulações.

Os sistemas de abastecimento estão operando em vazão reduzida para também evitar novos rompimentos e aumentar o risco de deslizamentos de barreiras.

Mais Lidas