DEBATE

Prefeito do Recife pede que população saia das áreas de risco

Geraldo Julio falou que o caiu o esperado para 20 dias em apenas 6 horas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/05/2016 às 12:27
Leitura:
Prefeito foi o entrevista desta segunda-feira
Foto: Rádio Jornal

Em dia caótico na capital pernambucana e na Região Metropolitana devido às fortes chuvas que, desde a noite desse domingo (29), caem, o prefeito do Recife Geraldo Julio falou que é importante as pessoas saírem das áreas de risco e que todas as equipes da Prefeitura do Recife estão em alerta.

Segundo o prefeito, em seis horas de precipitações, caiu o equivalente a 20 dias de chuva. “Na madrugada aconteceu o alerta e começamos já a fazer o acompanhamento. Por volta das 6h já estava na prefeitura e o escritório já estava montado”, garantiu o prefeito.

A população tem sofrido com a insegurança da capital. Geraldo Julio destacou o trabalho de iluminação que tem realizado na cidade e defendeu a inauguração do Compaz, no Alto Santa Terezinha, como instrumento de prevenção ao acesso dos jovens à criminalidade.

A Compaz do Cordeiro está em construção e, segundo Geraldo Julio, 220 trabalhadores no local. A expectativa é de qup o espaço comece a funcionar no mês de agosto.

O prefeito mostrou preocupação com o orçamento que está sendo refeito em Brasília e os cortes na saúde. “Essa fixação de limites para despesas com saúde e educação, por exemplo, vai abater seriamente os municípios brasileiros”, comentou. “Significa dizer que o Governo Federal vai passar menos recurso para saúde e educação nos próximos dez anos”, explicou.
Segundo ele, o Hopsilta da Mulher vai ter que suportar os cortes, mas reforça a necessidae da verba federal. Geraldo acredita que a bancada do PSB em Brasília vai se manfifestar contrária à fixação.

No início de maio, o governador Paulo Câmara pediu que o DEM e o PSDB entregassem os cargos no âmbito estadual. Mas, segundo Geraldo Julio, a saída do DEM e do PSDB partiu das próprias siglas ao lançarem candidatos à Prefeitura do Recife. “Eles decidiram sair da Frente Popular. É natural. Uma decisão legítima. Decidiram lançar candidatura”, destacou.

Durante a conversa, o governador Paulo Câmara também participou do debate.

Confira o debate completo:

Mais Lidas