CAOS

Prefeitura de Olinda divulga que todos os canais da cidade transbordaram

Por conta de um deslizamento de terra, em consequência das fortes chuvas, três pessoas morreram no bairro de Águas Compridas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/05/2016 às 13:55
Leitura:
Alagamento na Cidade Tabajara
Foto: Val Melo/ colaboradora SJCC


Após o registro da morte de três pessoas por conta das fortes chuvas que castigam a Região Metropolitana do Recife nesta segunda-feira, a Prefeitura de Olinda informou que está nesse momento com todas as equipes em operação nas áreas de risco da cidade.

As mortes de Barbara de Moraes, de 23 anos, Alexandra de Moraes, de36, e João Victor de Moraes, 7, aconteceram depois de um deslizamento de terra na Ladeira do Giz, no bairro de Águas Compridas, onde, junto com o bairro de Caixa D’Água, há uma concentração maior de ocorrências.

Duas casas foram atingidas por um deslizamento de barreira. Três pessoas morreram
Foto: Ângela Maria/ Cortesia para a Rádio Jornal

As equipes de Serviços Públicos estão com máquinas e homens nos pontos mais críticos de alagamentos, uma vez que todos os canais da cidade transbordaram.

Avenida Chico Science, nos Bultrins, em Olinda, alagada nesta tarde
Foto: Isabela Dias/ Rádio Jornal

Na orla de Olinda, cerca de três metros do calçadão cederam, na altura do posto Total da Avenida Ministro Marcos Freire. Segundo a prefeitura, equipes de manutenção estiveram na área, fizeram o isolamento do local e aguardam a maré baixar para fazer os reparos necessários.

A Defesa Civil de Olinda orienta que as pessoas que estiverem em área de risco deixem o local e comuniquem por meio do telefone 0800 2812112 a situação da área. A Escola Maria da Glória, no bairro de Guadalupe, foi organizada para receber os desabrigados pelas chuvas.

Mais Lidas