OPERAÇÃO TSUNAMI

Detalhes da Operação Tsunami vão ser apresentados nesta sexta

Otacílio Alves Cordeiro (PSB) foi um dos 11 presos na Operação Tsunami, destinada a investigar, entre outros crimes, lavagem de dinheiro

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/06/2016 às 11:44
Leitura:
Foto: Reprodução


A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (02), onze pessoas envolvidas com um esquema de desvio de verbas públicas, lavagem de dinheiro e corrupção na Prefeitura de Catende, na zona da Mata Sul.

Entre os suspeitos presos estão o prefeito do município, Otacílio Alves Cordeiro, do PSB, o filho dele e a nora. As prisões fazem parte da operação Tsunami desencadeada em cidades da zona da Mata, Agreste e na capital com o objetivo de cumprir também 21 mandados de busca e apreensão e oito de condução coercitiva.

O diretor de polícia especializada, Salustiano Albuquerque relata que a investigação há mais de seis meses. “A investigação versa sobre empregos regulados de verbas públicas, falsificação de documentos, lavagem de dinheiro, corrupção. São vários crimes que estão sendo investigados. São recursos públicos que estão sendo usados de forma irregular”, disse.

Os onze presos foram encaminhados ao Depatri, no bairro de Afogados, no Recife. O delegado detalha que foram apreendidos documentos, dinheiro, armas de fogo, computadores e celulares.

O balanço geral da operação Tsunami vai ser divulgado em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (03).

Otacílio Alves Cordeiro foi encaminhado ao Cotel.

Mais Lidas