MOBILIDADE

Detran Pernambuco mantém exigência de CNH para cinquentinhas

Determinação vai contra decisão do Contran, que adiou o início da exigência do documento para 3 de novembro

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 03/06/2016 às 15:59
Leitura:
Foto: Diego Nigro/ Rádio Jornal


Mesmo com a decisão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) de prorrogar o prazo para a obrigatoriedade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para ciclomotores, popularmente conhecido como cinquentinhas, o presidente do Detran Pernambuco, Charles Ribeiro, informou que não vai acatar a decisão.

A exigência do documento foi ampliada pelo Contran para 3 de novembro deste ano. Segundo Charles Ribeiro, o Detran Pernambuco vai seguir a lei e os motoristas pegos em fiscalização, vão ser multados. Quem for pego sem a habilitação, o veículo será apreendido, enquanto um condutor habilitado virá buscar o veículo.

Confira os detalhes na reportagem de Suelen Fernandes:

No Estado, 33 condutores foram pegos em fiscalização desde o dia primeiro de junho, quando o prazo anterior do Contran teria início. Os ciclomotores pegos sem a documentação obrigatória pagam multa que pode chegar a R$ 574,62, referente a três vezes o valor de R$ 191,54 de infração gravíssima.

Mais Lidas