OPINIÃO

Bancos podem extinguir rotativo do cartão de crédito

Confira o comentário do economista Ecio Costa na coluna Economia e Negócios desta segunda-feira (13)

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/06/2016 às 14:07
Leitura:
Foto: Getty Images

A Associação das Empresas de Cartões de Crédito deve apresentar nos próximos dias uma proposta para diminuir gradativamente o uso do rotativo do cartão de crédito até extinguir essa prática. A linha é utilizada quando o cliente não paga o valor total da fatura.

O economista Ecio Costa avalia que a prática é uma bola de neve. “A pessoa muitas vezes mal instruída pela própria operadora de cartão de crédito de que não se deve entrar no rotativo por muito tempo, na realidade deve ser somente uma situação emergencial de alguns dias”, disse, explicando que a taxa de juros é altíssima 450% ao ano. “É uma taxa abusiva. Isso é um absurdo”, criticou o economista.

Segundo ele, a taxa de juros do cartão de crédito é alta porque a inadimplência do consumidor é alta.

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios desta segunda-feira (13):

Mais Lidas