CONSULTÓRIO

Epidemia de arboviroses compromete a doação de sangue em Pernambuco

A importância da doação de sangue foi destaque no Consultório desta terça-feira (14)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/06/2016 às 20:30
Leitura:
Dia Mundial do Doador de Sangue é celebrado nesta terça-feira (14)

Desde 2004, o dia 14 de Junho foi instituído como o Dia Mundial do Doador de Sangue pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A ideia é homenagear e agradecer a todos os doadores que ajudam, diariamente, a salvar vidas. Esta data também marca o aniversário do cientista Karl Landsteiner, que descobriu o sistema de grupos sanguíneos ABO e foi premiado com um Nobel por esta importante descoberta.

Para abordar a importância da doação de sangue, Graça Araújo recebeu, no Consultório do Rádio Livre desta terça-feira (14), a médica hematologista Lorena Costa e o cirurgião geral João Veiga. De acordo com a Dra. Lorena, as baixas nos estoques de sangue em Pernambuco são resultado, sobretudo, da epidemia de arboviroses – Dengue, Zika e Chikungunya. Com grande parte da população doente e impossibilitada de doar sangue, o número de doadores caiu cerca de 20%.

Ouça o consultório, na íntegra:

“O Estado tem sofrido com a falta de sangue e a necessidade de suspensão de cirurgias eletivas", destacou Dra. Lorena Costa.

Sobre os casos de cirurgias emergenciais, o Dr. João Veiga explicou que há prioridade para este tipo de procedimento. Em casos de lesões muito graves, por exemplo, quando o paciente perde muito sangue. Nos traumas graves, cerca de um litro e meio de sangue é usado, o equivalente a 5 doações.

Para o Dr. Veiga, boa parte dos casos de lesões graves poderiam ser evitados, já que muitos deles são resultados de acidente envolvendo motociclista. Ele criticou a irresponsabilidade dos condutores de motos, que são frequentes consumidores de sangue nas grandes emergências, como a do Hospital da Restauração.

Mais Lidas