OPINIÃO

Pesquisador diz que volume da produção da cultura de massa cria artistas descartáveis

Debate da Super Manhã discutiu o que é cultura popular e falou também sobre cultura de massa

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/06/2016 às 13:51
Leitura:
Wesley Safadão é sucesso nacional e símbolo da cultura de massa
Foto: Divulgação

No debate da Super Manhã desta terça-feira (14) Geraldo Freire recebeu o produtor cultural Bruno Lisboa, o pesquisador Leonardo Dantas e o cantor e pesquisador Daniel Bueno para discutir cultura popular.

Criticado pelo estilo e pelas músicas, mas de um sucesso inquestionável, Wesley Safadão é enquadrado por Daniel Bueno como cultura. “Tudo que é manifestação artística é cultura. Dança, música, folclore, procissão tudo isso é manifestação cultural”, disse. “A cultura tem 167 definições diferentes. Então é um conjunto complexo de manifestações”, explicou. “O que Wesley Safadão está fazendo é música. Com percussão, com ritmo, compasso, balanço, dança e alegria. Se o povo vai e sente-se feliz é uma manifestação cultural”, destacou.

Questionado sobre o que pensa sobre o futuro de Safadão, Daniel Bueno disse que não se pode dizer que ele será esquecido. Ele apontou que hoje a cultura de massa produz muitos artistas, por isso que as músicas e o produto são tão “descartáveis”.

Confira os detalhes no debate:

Mais Lidas