IRRESPONSABILIDADE

Insatisfeito com poltrona, policial diz que está com bomba e atrasa voo no Recife

Passageiro disse que estava com uma bomba na bagagem de mão

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/06/2016 às 18:32
Leitura:
Foto: Divulgação/ Polícia Federal


O voo da Tam número 3067 que saia do Recife na tarde desta quarta-feira (15) com destino a Brasília, precisou ser evacuado por agentes da Polícia Federal depois de um passageiro falar que estava com uma bomba na bagagem de mão.

A situação, que segundo ele não passou de uma ''brincadeira'', acarretou no atraso do voo e prejuízo para demais passageiros.

Em nota, a Polícia Federal informou que policiais foram até o interior da aeronave e ficou constatado que o tumulto foi provocado quando um soldado da Polícia Militar de Manaus, de 29 anos, insatisfeito por conta de uma disputa de poltrona, disse que estaria com uma bomba na mochila, criando a situação de pânico.

Após realizar vistoria nas bagagens e confirmada a segurança do avião, o voo foi liberado e seguiu viagem para Brasília às 17h. O policial foi detido e autuado por provocar alarme anunciando perigo existente capaz de produzir pânico ou tumulto a bordo de aeronave.

Após os procedimentos, o policial será liberado e responderá em liberdade.

Mais Lidas