CIDADANIA

UPE completa 25 anos e sofre com problemas estruturais

Situação da Universidade de Pernambuco foi destaque na coluna "A Cidade e o Cidadão" desta quarta (15)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/06/2016 às 22:59
Leitura:

No último fim de semana, a Universidade de Pernambuco (UPE) completou 25 anos. Repórter especial do Jornal do Commércio, que atua na área de educação, Margarida Azevedo, trouxe à coluna “A Cidade e o Cidadão” desta quarta-feira (15), a situação complicada da instituição, que é a única universidade pública estadual, ou seja, que depende completamente de investimentos do governo.

Ouça a coluna, na íntegra:

Margarida destacou que houve uma cerimônia na manhã da última segunda-feira (13), que aconteceu na Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco (FCAP), mas o governador do estado, Paulo Câmara, não compareceu à solenidade. Segundo ela, o reitor da instituição, o Prof. Pedro Henrique de Barros Falcão, está tentando promover um concurso para pelo menos 260 servidores, já que o déficit de servidores é muito alto.

Ainda de acordo com Margarida, as novas unidades da UPE, em Palmares e Salgueiro, só contam com um funcionário em cada uma delas, ambos cedidos pela prefeitura, e nenhum deles concursado. Ela destacou, ainda, os problemas estruturais enfrentados pelos pacientes e pelos próprios estudantes da área de saúde, que dependem dos Hospitais Universitários.

Mais Lidas