CIDADES

Vítimas de assalto a ônibus não têm previsão de alta

Dois homens e duas mulheres estavam armados com facas e um revólver, realizaram o assalto no coletivo que faz a linha CDU Várzea, no Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/06/2016 às 14:19
Leitura:
Foto: TV Jornal

Dois homens feridos em um assalto a ônibus no bairro da Caxangá, na Zona Oeste do Recife, estão internados no Hospital Getúlio Vargas. De acordo com informações da Secretaria de Saúde do estado, o passageiro Lucas Manoel Lopes de Araújo Rocha, de 24 anos, está na unidade de trauma e não tem previsão de alta. A secretaria informou ainda que um dos suspeitos da investida, Messias Marques de Menezes, de 18 anos, passou por cirurgia e está sendo vigiado pela polícia.

O crime aconteceu no coletivo que faz a linha CDU Várzea. Dois homens e duas mulheres estavam armados com facas e um revólver. Um dos homens feriu o passageiro Lucas Rocha com uma faca. A reportagem da TV Jornal conversou com o motorista do ônibus, que não quis se identificar, ele explica como tudo aconteceu, "eles subiram na Av. Guararapes, eles estavam fora da parada e passei, o sinal fechou e eles entraram, na frente da exposição de animais, eles anunciaram o assalto, " disse o motorista.

Em uma troca de tiros entre suspeitos e policiais, um dos assaltantes, Messias Menezes, foi baleado na coxa direita. As duas mulheres foram presas e o outro homem envolvido na ação fugiu do local. A delegada de plantão, Claudia Valadares, fala do que foi apreendido na ocorrência e para onde as duas mulheres foram encaminhadas, "foram aprreendidos facas e os objetos das vítimas, ass mulheres vão ser encaminhadas para a audiência de custódia, " disse.

Em nota, a Secretaria de Defesa Social informou que nos cinco primeiros meses deste ano, 415 assaltos a ônibus foram registrados no grande Recife, no mesmo período de 2015, 293 casos foram notificados. De acordo com a SDS, a polícia militar tem realizado abordagens nos coletivos de acordo com a incidência de crimes. O órgão informou que durante as abordagens, foram apreendidas seis armas de fogo, três armas brancas e vinte e quatro pessoas encaminhadas à delegacias. A reportagem da Rádio Jornal não conseguiu contato com o sindicato dos rodoviários do estado para comentar os números.

Confira outras informações com a repórter Suellen Fernandes:

Mais Lidas