IDOSOS

Mais de 30 idosos continuam em abrigo interditado em Itapissuma

Abrigo clandestino não tem autorização de funcionamento da Vigilância Sanitária e da Prefeitura do município, mas idosos não têm para onde ir

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/06/2016 às 8:24
Leitura:
Foto: Fernando Portto/SJDH/Divulgação


Mesmo após a interdição do abrigo clandestino Filhos de Asaff, localizado em uma chácara na Zona Rural de Itapissuma, Região Metropolitana do Recife, os 37 idosos encontrados vivendo em condições precárias continuam morando na casa. O imóvel não tem autorização de funcionamento da Vigilância Sanitária e da Prefeitura do município. A dificuldade de localização dos familiares é o principal empecilho na realocação dos moradores.

Equipes da Vigilância Sanitária interditaram o local após identificarem várias falhas de funcionamento, como falta de higiene e alimentos e remédios com prazo de validade vencido. Além disso, o número de funcionários era incompatível com a quantidade de idosos. O responsável pelo abrigo, Linaldo José da Silva, foi autuado por maus tratos, cárcere privado e apropriação de bens e rendimentos. Ele foi encaminhado para o Cotel, em Abreu e Lima.

A consultora técnica da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, Ana Gusmão, diz que o cenário em que os idosos estão inseridos é preocupante:

Mais Lidas