MOBILIZAÇÃO

Trabalhadores rurais e do INSS fazem ato em defesa da Previdência Social

Mobilização nacional é contra a precarização do INSS e contra extinção do Ministério da Previdência

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/06/2016 às 11:17
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


Trabalhadores rurais ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado Pernambuco (Fetape), Central Única das Trabalhadores (CUT) participam de ato contra a reforma da Previdência Social e a extinção do Ministério da Previdência ao lado de funcionários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No Estado, os postos do INSS recebem a mobilização nacional. Apesar do ato, o funcionamento é mantido nas 72 agências da previdência e nas gerências executivas de Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Recife.

De acordo com as lideranças do movimento, o governo interino de Michel Temer está propondo um uma precarização da previdência com fim de privatizá-la. O vice presidente da Fetape, Paulo Roberto, diz que é contrário ao modelo de gestão apresentado. “A previdência social é um patrimônio do povo brasileiro. Não concordamos que os trabalhadores são um peso no orçamento público”, disse. “A previdência tem sido uma estratégia de distribuição de renda, associada à seguridade social”, completou.

Mais Lidas