VATICANO

Papa Francisco pede que as pessoas escutem e acolham os refugiados

"Os refugiados são pessoas como todos os outros, mas de quem a guerra levou casa, trabalho, parentes, amigos", disse o Papa Francisco

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/06/2016 às 17:34
Leitura:
Foto: Angelo Carconi/Ansa/Agência Lusa

Na véspera do Dia Mundial do Refugiado, comemorado nesta segunda-feira (20), o papa Francisco convocou seus seguidores a ajudarem os refugiados que fogem das guerras em seus países de origem. "Você tem que encontrá-los, ouvi-los e recebê-los", disse o papa ao mencionar o tema deste ano para a data promovida pelas Nações Unidas: "Com os refugiados – somos parte de quem é forçado a fugir". O pronunciamento do pontífice foi feito neste domingo (19) da janela do Palácio Apostólico para os fiéis na Praça de São Pedro.

"Os refugiados são pessoas como todos os outros, mas de quem a guerra levou casa, trabalho, parentes, amigos", argumentou o pontífice. “Suas histórias e suas faces nos chamam para renovar o esforço e construir a paz na Justiça. Por isso queremos estar com eles; encontrá-los, acolhê-los e escutá-los para, juntos, construirmos a paz segundo a vontade de Deus". Nesta semana o Vaticano recebeu pela segunda vez um grupo de refugiados sírios acolhido pela Santa Sé e pela comunidade de Santo Egídio.

A primeira visita ocorreu em abril, quando um grupo de 12 sírios muçulmanos refugiados chegou a Roma. No segundo grupo de refugiados havia nove pessoas – duas delas católicas. Eles chegaram à capital italiana vindos de um campo de refugiados da ilha grega de Lesbos, região que foi visitada há dois meses pelo papa.

O Dia Mundial do Refugiado foi instituído em 2000 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, e começou a ser celebrado em 2001. A data chama atenção para os problemas vividos por milhões de pessoas que forçosamente são obrigadas a deixar suas casas para fugir de guerras, conflitos e perseguições. Atualmente há um grande fluxo de refugiados vindos de zonas de conflitos localizadas principalmente na Síria, no Afeganistão, na Somália, no Iraque e Sudão.

Mais Lidas