ECONOMIA E NEGÓCIOS

Anatel restringe uso de bens da Oi para renegociar dívidas

Notícia preocupa os consumidores da empresa. Confira os detalhes do caso na Coluna Economia & Negócios desta terça

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/06/2016 às 14:04
Leitura:
Foto: Reprodução


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu suspender cautelarmente a alienação de bens móveis e imóveis do patrimônio da Oi. Nesta segunda-feira (20), a empresa anunciou que vai entrar com pedido de recuperação judicial. Com a medida, a empresa fica impedida de utilizar os bens como parte do processo de recuperação sem autorização da agência regulatória.

A Coluna Economia & Negócios desta terça-feira (21) abordou o assunto. O economista Écio Costa falou sobre a preocupação dos clientes com possíveis prejuízos. “A Oi entrou com o maior processo de recuperação judicial na história do Brasil, até o momento. Isso pode vir a trazer alguma repercussão negativa para os consumidores”, disse.

Confira mais informações na Coluna Economia & Negócios:

Mais Lidas