OPINIÃO

Cientista político diz que saída do Reino Unido da UE foi decisão irresponsável

Professor Thales Castro avaliou que decisão causa um "terremoto econômico e político imediato"

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/06/2016 às 13:47
Leitura:
Foto: EPA


O professor e cientista político especialista em relações internacionais Thales Castro falou sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. Ele criticou a saída do bloco de países da UE. Ele conversou com a bancada do Passando a Limpo e defendeu a sua opinião.

O cenário afeta diretamente a economia e a política. “Me surpreendeu muito negativamente. É uma decisão estapafúrdica e já causa um terremoto econômico e político imediato. É uma irresponsabilidade e uma inconsequência por parte do primeiro-ministro, David Cameron”, explicou Thales Castro.

O Reino Unido ingressou na União Europeia em 1973. Ele comentou ainda a repercussão da saída entre os outros países. “Foi a pior das decisões ter convocado um referendo desse”, comentou o professor. “É um evento muito triste para a União Europeia e o mundo porque verdadeiramente gera uma calamitosa situação de crises além das que nós já vivemos no cenário internacional”, avaliou Thales.

Confira a entrevista completa com o professor:

Além da questão econômica, o professor acredita que a crise migratória desencadeou o processo de consulta popular. “Eu acho que ganha força a direita reacionária, sobretudo esse país importante que é o Reino Unido. Ganham força as teses xenofóbicas”, lamentou o professor. “Eu vejo como um verdadeiro terremoto que dificilmente não terá consequências e desdobramentos para outros países da União Europeia”, destacou.

Ouça o Passando a Limpo completo desta sexta-feira (24):

Mais Lidas