MICROCEFALIA

Pernambuco confirma 367 casos de microcefalia no estado

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, 2.029 casos da malformação foram notificados

Secretaria de Saúde de Pernambuco
Secretaria de Saúde de Pernambuco
Publicado em 05/07/2016 às 12:15
Leitura:
Foto: JC Imagens

A Secretaria de Saúde de Pernambuco divulgou agora há pouco, um boletim atualizado dos casos de microcefalia no estado. De 1º de agosto de 2015, até o dia 2 de julho, 2.029 casos da malformação foram divulgados em Pernambuco. Ao todo, 367 casos foram confirmados como microcefalia e 1.173 foram descartados. São 8 bebês a mais do que no período de 1º de Agosto de 2015 até 21 de maio deste ano.

Dos confirmados, 173 tiveram resultado laboratorial positivo para zika. Outros 136 deram negativos e 4 inconclusivos. Foi notificado ainda que 76 bebês foram a óbito, sendo 39 natimortos (não nasceu com vida) e 37 neomortos (morte logo após o nascimento). Destaca-se que nenhum dos casos teve microcefalia como causa básica de morte.

Desde que a notificação de mulheres com exantema foi tornada obrigatória, no período de 2 de dezembro de 2015 até o dia 2 de julho de 2016, foram notificados 4.367 casos de gestantes com esse quadro clínico. Vale salientar que a notificação das mulheres com exantema não significa, necessariamente, que elas são casos suspeitos de dengue, chikungunya ou zica, já que outros fatores podem ter ocasionado, como rubéola, intoxicação, alergia ou outra virose. O exantema também não é indicativo que a mulher terá um bebê com microcefalia.

Mais Lidas