PRF prende participantes de quadrilha especializada em venda de cigarros falsificados

As prisões fazem parte da Operação Kapnós. Ao todo, foram cumpridos 14 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 07/07/2016 às 17:11
Leitura:
Foto: Divulgação/PRF


Integrantes de duas quadrilhas que compravam e distribuíam cigarros falsificados em pelo menos sete estados do Nordeste foram presos nesta quinta-feira (7), em duas cidades de Pernambuco, Cupira e Caruaru, além de municípios de Alagoas, Paraíba, Bahia e Rio Grande do Norte.

As prisões fazem parte da Operação Kapnós, palavra de origem grega que significa tabaco. A ação policial foi realizada pelo grupo de combate às organizações criminosas do Ministério Público de Alagoas, coordenada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em Pernambuco, duas pessoas foram presas em Cupira, no Agreste. O assessor de comunicação da PRF, Cristiano Mendonça detalha como ocorreu a operação no estado:



As quadrilhas eram especializadas em comercializar cigarros falsificados, produzidos no Brasil, mas com selos de marcas paraguaias. Ao todo, foram cumpridos na Operação Kapnós 14 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão. Além dos cigarros falsificados, foram recolhidos veículos de luxo, lanchas e jet-skis.

Ainda segundo a PRF, todos esses bens teriam sido comprados e colocados no nome de laranjas com o objetivo de lavar o dinheiro do comércio ilegal dos cigarros. Os presos foram encaminhados para o estado de Alagoas.

Mais Lidas