GOLPE

Polícia Civil evita tentativa de golpe por telefone

o que facilitou a ação da policia foi o volume de informações extraída da vítima

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/07/2016 às 20:04
Leitura:
reprodução internet

O que inicialmente foi tratado pela Polícia Civil de Pernambuco, como sequestro de uma adolescente de 13 anos, não passou de mais uma tentativa do “Golpe do Telefone”. A jovem estava em casa, com o irmão de 9 anos, sob os cuidados de uma babá, quando uma chamada no telefone fixo da residência, que fica no bairro de Boa Viagem, na zona sul do Recife, dizia que a mãe da garota havia sido sequestrada.

Ouça os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro

Leia também
Polícia orienta população em casos de golpe do sequestro por telefone
Polícia investiga quadrilha que dava golpe em famílias de pacientes


Para o delegado titular de Boa Viagem, onde a queixa foi registrada o que facilitou a ação foi o volume de informações extraída da vítima. Com nomes e telefones dos pais da criança, ela foi obrigada a recolher materiais de valor para vender numa joalheria de shopping mais próximo. Chegando lá, a vítima que teve que manter o telefone celular ligado o tempo todo, descobriu os objetos não passavam de bijuterias e a estratégia do estelionatário foi a de entregar todo o material para o primeiro pedinte que avistasse.

Mais Lidas