ALVIRRUBRO

"Não dá para perder para um time desse", diz Maylson após derrota para o Goiás

O Náutico perdeu por 4 a 2 para o Goiás fora de casa. O time abriu vantagem duas vezes na partida, mas não conseguiu evitar a derrota no Serra Dourada

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/07/2016 às 18:10
Leitura:
Jogador Maylson ficou revoltado com derrota
Foto: André Nery/ JC Imagem

O Náutico perdeu para o Goiás no Serra Dourada, neste sábado (16). Após abrir o placar e abrir vantagem por duas vezes, o Timbu perdeu por 4 a 2.

Após a partida, os jogadores do Náutico se mostraram indignados com o resultado. “Com todo respeito, não dá para perder para um time desse não. Tem que ter vergonha na cara”, reclama Maylson. “Muita falta de atenção da gente”, lamentou Roni.

Confira a reação dos jogadores após a partida:

Logo no início do primeiro tempo, antes dos 10 minutos de jogo, o árbitro marcou pênalti para o alvirrubro após o goleiro Ivan derrubar o atacante Roni. O meia Hugo converteu a cobrança e abriu o placar.

Em seguida, o Goiás também teve a vantagem de uma cobrança de pênalti, numa jogada duvidosa. Leo Lima não aproveitou bem a oportunidade e chutou para fora. Mas após rebote do goleiro Julio Cesar, Carlos Eduardo deixou tudo igual para o Goiás.

O gol do desempate do Náutico saiu ainda no primeiro tempo, com golaço de Roni, que chutou de fora da área.

Mas no segundo tempo o Náutico perdeu o ritmo do jogo e o Goiás marcou mais três gols, fechando o placar da partida. Leo Lima, que havia perdido o pênalti, empatou a partida. Depois Rossi marcou duas vezes e fechou a vitória de virada.

Ouça os gols na narração de Iran Carvalho:


FICHA TÉCNICA: GOIÁS 4 x 2 NÁUTICO

Goiás: Ivan; Anderson Salles, Wesley Matos, Alex Alves (Daniel Carvalho) e Juninho; Patrick, David, Léo Lima (Wilian) e Léo Sena; Rossi (Felipe Saturnino) e Carlos Eduardo. Técnico: Léo Condé.

Náutico: Julio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Léo Pereira e Mateus Muller; Ygor (Renan Oliveira), Gastón e Maylson; Rony, Hugo (Tiago Adan) e Jefferson Nem (Walber). Técnico: Alexandre Gallo.

Série B (16ª rodada). Local: estádio Serra Dourada, Goiânia (GO). Árbitro: Rafael Traci (PR) Assistentes: Rafael Trombeta e André Luiz Severo (ambos do Paraná). Cartões Amarelos: Ivan (G), Léo Pereira (N), Joazi (N), Julio Cesar (N), Rafael Pereira (N), Gastón (N). Gols: Hugo (N), Carlos Eduardo (G), Rony (N), Léo Lima (G), Rossi (G), duas vezes. Público: 3.968 Renda: R$ 36.145

Mais Lidas