FINAL FELIZ

Mãe de bebê levada pelo pai e encontrada no Amapá diz que perdoa o pai

O pai da bebê levada pelo pai, o engenheiro Janderson Rodrigo Salgado, está preso. Ele está voltando para Pernambuco no mesmo voo que a filha

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 25/07/2016 às 7:27
Leitura:
Julia e Janderson foram encontrados no Amapá
Foto: Divulgação

A pequena Julia deveria ter voltado para casa em Olinda, no domingo, dez de julho, como determinava a justiça. No entanto, o retorno ocorreu na tarde desta segunda-feira (25), com a chegada da equipe da polícia no Aeroporto do Recife.

A servidora pública Claudia Rogéria Cavalcante, de 42 anos, diz que perdoa o pai da criança:

O pai do bebê, Janderson Rodrigo Salgado Alencar, de 29 anos, foi preso na cidade de Santana, no último sábado (23).

De acordo com a polícia, ele vendeu bens e arrecadou R$ 400 mil antes de sumir com a filha. O engenheiro tinha feito viagens ao exterior e isso aumentou o temor de uma fuga para outro país.

Cláudia e a filha Julia Cavalcante

Janderson Rodrigo Salgado Alencar e Julia tiveram os nomes incluídos no banco de dados da Polícia Federal. O desaparecimento da criança mobilizou também as redes sociais e a polícia do estado do Maranhão.

Delegada Gleide Ângelo publicou imagens na internet após localizar a criança
Foto: Reprodução/ Internet

A criança está gripada, mas aparenta ter sido bem tratada durante essas duas semanas em que ficou longe da mãe.

O engenheiro chegou a alugar um barco para levar a filha até uma quitinete numa cidade a 20 km da capital do Amapá. Para finalizar a operação, os policiais desligaram a luz do imóvel e se passaram por técnicos da companhia energética.

Mais Lidas