SERTÃO

Com pagamentos atrasados, pipeiros se reúnem com a Codecipe

A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) responsabiliza burocracia pelo atraso no pagamento dos pipeiros

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/07/2016 às 8:47
Leitura:
Foto: Acervo JC Imagem

A Defesa Civil de Pernambuco responsabiliza burocracia pelo atraso no pagamento dos pipeiros de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Há oito meses, 16 caminhões fazem o transporte de água até localidades longínquas do Sertão.

A estiagem prolongada reduz a agricultura e traz impactos diretos na economia das comunidades. O problema é que o serviço está ameaçado pela falta de pagamento por parte do Governo de Pernambuco, através da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe).

O assunto está sendo discutido numa reunião nesta manhã (27), na Defesa Civil de Pernambuco, na Avenida Cruz Cabugá, em Santo Amaro. O Governo do Estado informou que os pipeiros de Arcoverde estão com pendências na Secretaria da Fazenda.

No município, a frota com dezesseis caminhões é abastecida com água nos reservatórios disponíveis da Compesa na região.

Mais Lidas