ADOÇÃO

Conheça o programa de apadrinhamento afetivo ‘Pernambuco que Acolhe’

O desembargador Luiz Carlos Figueiredo, do TJPE, comandou a coluna Atitude Adotiva desta quinta-feira (28)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/07/2016 às 22:37
Leitura:
Foto Ilustrativa

A Coordenadoria da Infância e Juventude de Pernambuco, por meio da Comissão Estadual Judiciária de Adoção, lançou recentemente o Programa de Apadrinhamento Afetivo ‘Pernambuco que Acolhe’. E para esclarecer detalhes sobre este programa, o desembargador Luiz Carlos Figueiredo, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), foi convidado pelo professor Guilherme Moura para comandar a coluna Atitude Adotiva* desta quinta-feira (28). Ouça a coluna, na íntegra:

O programa ‘Pernambuco que Acolhe’ tem abrangência em todo o território estadual e é destinado a proporcionar uma melhor integração na sociedade a crianças e adolescentes que permanecem nas instituições de acolhimento, sem a alternativa de serem reintegrados em sua família de origem e sem perspectivas de serem acolhidos por famílias substitutas. Todo este trabalho vem sendo feito com o apoio afetivo, material e/ou profissional da sociedade civil.

*A coluna Atitude Adotiva vai ao ar todas as quintas-feiras, às 21h, no programa Movimento, com Marcelo Araújo.

Mais Lidas