TENTATIVA DE ASSALTO

Armado com fuzis, grupo explode parte do prédio da Procuradoria da Fazenda

Pelo menos três homens explodiram um caixa eletrônico da própria Procuradoria, mas foi surpreendido pela polícia. Houve troca de tiros com os policiais

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/08/2016 às 6:27
Leitura:
Foto: TV Jornal

As Polícias Militar, Civil, Federal e o Instituto de Criminalística permanecem em frente ao prédio da Procuradoria Regional da Fazenda Nacional da 5ª Região, na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife. Por volta das 4h40, desta terça-feira (2), pelo menos, três homens explodiram o caixa eletrônico localizado no térreo da Procuradoria.

Os homens foram surpreendidos por uma equipe da Polícia Civil que trocou tiros com os suspeitos. Várias cápsulas de armamento pesado foram encontradas no chão do local.

Parte do teto da Procuradoria ficou destruída e ainda não há informações sobre a localização dos suspeitos. Um carro preto com placa de São Paulo, que teria sido utilizado na investida, foi abandonado na Rua do Cupim, no bairro das Graças.

A pista local da Av Agamenon Magalhães, em frente à Procuradoria, está interditada e a entrada do órgão isolada. A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) orienta o trânsito no local.

Foto: Clarissa Siqueira/ Rádio Jornal

Segundo a polícia, as armas utilizadas seriam fuzis e pistolas ponto 40. O teto do térreo e o vidro da guarita, que foi alvo dos disparos, ficaram completamente destruídos. O perito criminal do IC, Jorge Duque, disse que o alvo do bando era mesmo o caixa eletrônico da Procuradoria Regional da Fazenda.

Everton Santos, morador da localidade, disse que o som dos tiros parecia de um armamento pesado e depois ouviu uma explosão. “Uma explosão muito forte. De onde eu moro não deu para ver, mas eu ouvi muito tiro”, relatou.

Confira os detalhes no flash de Clarissa Siqueira:

A investigação sobre essa investida vai ser comandada por uma Força Tarefa da Polícia Civil com a Polícia Federal.

O assessor de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, destacou que a Força Tarefa já existe. “Todas as ações que envolverem agora explosivos em terminais eletrônicos, seja Banco do Brasil ou Caixa Econômica, de competência da Polícia Federal ou Polícia Civil, é investigada por essa Força Tarefa”, explicou.

Houve ainda um acidente na altura do viaduto da Av. Agamenon Magalhães. O acidente teria acontecido porque vários carros seguiram pela contramão diante do tiroteio e aí uma moto colidiu de frente com outra. A motocicleta caiu do viaduto, na Av. João de Barros, e o condutor foi transferido para o Hospital da Restauração, não há informações oficiais do estado de saúde dele. Mas de acordo com alguns bombeiros o estado de saúde dele é grave.

O trânsito no local é muito complicado.

Mais Lidas