ENTREVISTA

Diretor-presidente afastado após operação da PF voltará a presidir Hemobrás

A informação foi divulgada em primeira mão nesta quarta-feira (03) pelo advogado de Rômulo Maciel Filho, Celio Avelino

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 03/08/2016 às 9:19
Leitura:
Foto: Internet


Rômulo Maciel Filho, que tinha sido afastado da presidência da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia em Pernambuco (Hemobrás) vai reassumir a presidência. A informação foi divulgada em primeira mão nesta quarta-feira (03) pelo advogado de Rômulo, Celio Avelino, em entrevista no Passando a Limpo, com o comunicador Geraldo Freire.

"Ele só não assume hoje, porque não está no Recife, mas temos esperança que essa empresa vai voltar a dar certo", afirmou o advogado.

Confira os detalhes na entrevista com o advogado Celio Avelino:

Assim como ele, Mozart Sales também tinha sido afastado da direção de Inovação Tecnológica da estatal, mas ainda não há confirmação se ele também deve ser reintegrado.

A Hemobrás foi alvo de investigação da Polícia Federal em dezembro de 2015, sob suspeita de envolvimento da direção da empresa com doações para campanhas políticas. Na ocasião, além do diretor-presidente, Rômulo Maciel Filho e do diretor de Inovação Tecnológica, Mozart Sales, também tinha sido afastado o servidor Jorge Luiz Batista Cavalvanti.

Mais Lidas