PROPAGANDA

Eleições sem outdoors e cavaletes nas ruas

A data limite para as coligações registrarem os candidatos é dia 15 desse mês, mas os órgãos afirmam que já estão em alerta para fiscalizar se há alguma irregularidade

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/08/2016 às 13:32
Leitura:
Foto: Ísis Lima / Rádio Jornal

Despesas de gestores, contas públicas no período eleitoral e proibições durante a campanha foram alguns dos temas debatidos, nesta quinta-feira (4), no debate da Supermanhã com Geraldo Freire. O comunicador recebeu o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Antônio Carlos Alves da Silva, o conselheiro e corregedor geral do Tribunal de Contas do Estado, Dirceu Rodolfo de Melo Júnior e o presidente da Ordem dos Advogadas da seccional Pernambuco, Ronnye Duarte.

A data limite para as coligações registrarem os candidatos é dia 15 desse mês, mas os órgãos afirmam que já estão em alerta para fiscalizar se há alguma irregularidade, tanto em relação à campanha quanto aos gastos dos candidatos. O presidente da OAB Pernambuco, Ronnye Duarte, alerta que quem não cumprir as exigências pode até perder o mandato, se eleito.

Outdoors e cavaletes com foto e número de candidato não são permitidos esse ano. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão começa dia 26 de agosto. A eleição do primeiro turno ocorre no dia 2 de outubro e nas cidades que tiver segundo turno, os eleitores devem comparecer às urnas no dia 30 de outubro.

Mais Lidas